Carnaval 2023: como o e-commerce pode explorar a data

122/285

A poucos dias das comemorações do Carnaval 2023, ainda dá tempo de organizar a loja para aproveitar melhor o clima do evento.

Este ano, em razão dos problemas enfrentados em 2021 e 2022, a expectativa da população em relação ao evento é alta, porque será o primeiro ano praticamente sem restrições.

Para quem tem um e-commerce, é importante lembrar que as vendas não se concentram apenas em produtos relacionados diretamente à festa.

Em todo o país, essa é uma época de folga no trabalho, então as pessoas passam mais tempo em casa e, por isso, pode ficar mais fácil impactá-las com boas campanhas.

Reunimos neste artigo algumas dicas para movimentar seus negócios no Carnaval 2023. São ações simples, mas importantes, para alavancar as vendas numa data comemorativa que tem como principal característica a diversão.

Carnaval 2023: como aproveitar as oportunidades no e-commerce

Para quem atua em setores relacionados diretamente com a folia do Carnaval, agora é o momento de entrar na fase final do planejamento, estruturando o e-commerce para realizar as compras deixadas para os últimos dias.

Nesse caso, vale o alerta: é imprescindível garantir que o cliente tenha uma boa experiência de compra.

Nesse sentido, além da facilidade no momento da compra, é prioritário cuidar da entrega dos produtos no prazo acertado com os clientes. Lembre-se de que falhas na logística nesse período vão gerar muitos prejuízos.

Além de ter que arcar com devoluções, o que gera custos elevados para o e-commerce, a loja corre o risco de ter sua reputação abalada. O consumidor hoje compartilha suas experiências, e o público dá muito valor para essas avaliações feitas pelos próprios clientes.

Como em outras datas comemorativas, é importante aproveitar o aumento de tráfego na internet para gerar não apenas vendas, mas relacionamento com o cliente.

No dia a dia do comércio eletrônico, a compra única não é um bom negócio. Daí a necessidade de trabalharmos bem as ações de retenção e fidelização. E elas começam, claro, na oferta de uma boa experiência de compra.

Como as lojas virtuais podem elevar suas vendas nesse período de festa

Pela importância que tem no Brasil, o Carnaval movimenta diversos setores, como hotelaria, bebidas, alimentação, artigos para festa etc.

Os preparativos, nesse caso, devem ser feitos com antecedência, até porque boas estratégias de vendas dependem também do fechamento de acordos comerciais que permitam à loja ter estoque e condições especiais de preço. Sem falar, claro, das ações de comunicação que precisam ser bem estruturadas para gerar os resultados esperados.

Contudo, empresas de todos os ramos podem entrar no clima da folia e, assim, atrair mais clientes.

Refletindo sobre o que pode ser feito, uma das iniciativas é o cuidado com a identidade visual da loja nesse período.

É importante que a loja tenha algo relacionado ao evento. E isso não costuma representar maiores dificuldades, por não ser difícil associar produtos e serviços ao clima de alegria do Carnaval.

O mesmo raciocínio vale para as campanhas publicitárias e promocionais no período. Parece um detalhe, mas quem simplesmente ignora a data pode deixar de aproveitar boas oportunidades.

As redes sociais terão no período de Carnaval (que hoje se estende também para os eventos pré e pós) muitas publicações sobre a festa. E as marcas podem (e devem) aproveitar para fazer ações mais contextualizadas.

Vale investir, por exemplo, nas chamadas bem-humoradas e em elementos visuais mais coloridos.

No caso das promoções, é o momento de acionar os gatilhos de “urgência”, por exemplo, fazendo campanhas restritas para o período.

O momento também é propício para oferecer kits de produtos e cupons de desconto para as próximas compras.

Como trabalhar a retenção de clientes no pós-Carnaval

As datas comemorativas, como o Carnaval, são relevantes para o varejo, justamente pelo fato de as lojas conseguirem alcançar um público diferente do usual. Isso acontece porque as pessoas entram no clima do evento e programam compras especiais para esses períodos.

O e-commerce, nesse sentido, é uma excelente oportunidade para se manter as vendas em alta no período da folia. Nas grandes cidades, por exemplo, muitos estabelecimentos comerciais são fechados por causa dos blocos de rua. Mas as compras online podem continuar sendo ativadas.

Em termos de estratégias, no entanto, as empresas devem focar também no pós-evento. Quem atua com uma plataforma omnichannel reúne muitas informações sobre o público e deve usar isso a favor dos negócios. A análise detalhada dos relatórios sobre a movimentação nos diferentes canais de vendas rende insights valiosos para os gestores.

Hoje, ao pensarmos num e-commerce de alta performance, é essencial ter essa visão sobre a importância dos dados, uma vez que é a partir deles que a empresa conseguirá fazer uma abordagem mais assertiva.

Outro aspecto relevante é a necessidade de investir em ações de pós-venda. Nesse caso, funcionam desde as mais simples, como o envio de pesquisas de satisfação, até a oferta de cupons específicos para aquele grupo de clientes que realizou a compra na data comemorativa.

Com o aumento da concorrência no comércio eletrônico, as lojas devem aproveitar as datas comemorativas para se aproximar dos clientes e estabelecer conexão.

Ter abordagens mais criativas é uma forma de colocar a marca em destaque. Elas são essenciais para atrair o cliente, mas é preciso investir na experiência de compra, fator crítico para a retenção.

O Carnaval 2023 é o primeiro evento sem restrições. Por isso, o momento exige atenção das lojas, até para entender quais serão as mudanças verificadas em termos de comportamento de compra. Espera-se para este uma grande movimentação por parte das empresas no sentido de entender melhor essa consolidação dos novos hábitos.

Fonte: E-commerce Brasil

Write Comment...

Name

Email

Translate »