Quatro tendências dos e-commerces para 2023

11/158

O e-commerce atualmente é uma das áreas que mais movimentam as vendas do setor varejista do país. Até 2023, é esperada uma movimentação de US$171 bilhões no Brasil com o volume das compras online, segundo uma pesquisa desenvolvida pela operadora de cartão Visa.

Dessa forma, entender quais são as tendências do comércio eletrônico para o próximo ano se torna essencial para se adaptar ao mercado e alavancar o faturamento.

Por essa razão, selecionamos algumas estratégias com potenciais para o segmento digital em 2023. Caso ainda não conheça essas novidades, talvez seja a hora de repensar o assunto e aderir a elas em sua loja online. Acompanhe!

1. Chat online e estratégia omnichannel

Um dos aspectos mais marcantes para quem possui loja online será a forma de comunicação. A transformação tecnológica mudou a maneira de as pessoas se comunicarem, e dentro do mercado digital não será diferente no próximo ano.

A adesão a ferramentas como o chat online será mais forte no ambiente virtual do que já é, bem como a estratégia omnichannel, a qual visa integrar todos os canais de comunicação da empresa para fortalecer a marca e criar uma experiência positiva para o consumidor.

2. Marketplace

Outra estratégia presente entre as tendências dos e-commerces em 2023 será o marketplace. A ideia tem se tornado cada vez mais frequente e segura para aumentar a audiência do site. Nesse caso, vale considerar a opção se a tática é expandir o acesso e também melhorar o faturamento.

De acordo com uma pesquisa da Opinion Box, por exemplo, 90% dos entrevistados disseram fazer compras em marketplaces, assim como 52% deles indicaram comprar frequentemente nessas plataformas.

3. Presença marcante do celular durante a transição de compra

Se antes o acesso ao computador era mais frequente nas vendas online, hoje os smartphones entram em 2023 como pontos fortes na concretização das vendas. Isso acontece porque as pessoas estão mais conectadas por meio do aparelho móvel.

Além disso, o fácil acesso a sites e aplicativos dos e-commerces facilita a compra com o uso dos dispositivos móveis. Portanto, se ainda não otimizou seu site para receber acessos pelo celular, ou não desenvolveu um aplicativo, é essencial resolver esses atrasos.

Contudo, vale ressaltar que, embora a demanda pelos celulares tenha crescido consideravelmente nos últimos anos, a insegurança na transação ainda é algo bastante comentado por quem usa o aparelho. Dessa forma, será necessário investir em processos mais seguros para mostrar ao consumidor que a sua empresa é confiável.

Uma das estratégias adotadas pelos varejistas do ramo é a oferta de seguros para celulares na compra da mercadoria. Essa ação pode ajudar a melhorar a rentabilidade dos produtos, trazer valor para a empresa e gerar inovação ao negócio. Além disso, a iniciativa ajuda a criar uma conexão com o consumidor final, demonstrando a preocupação genuína na proteção de um bem de alto valor e de sua própria segurança nos dias atuais.

4. Crescimento de serviços de assinatura

Por fim, entre as tendências dos e-commerces para 2023, os serviços de assinatura aparecem na lista. Muitas empresas prometem aderir a esse tipo de negócio em suas plataformas online. No modelo, o usuário recebe um produto ou serviço por um determinado período.

A estratégia tem se mostrado bastante vantajosa, já que existem pesquisas de mercado que afirmam que o consumidor está apto a comprar por assinatura de uma empresa ou marca que admira, caso a companhia adote esse processo.

Além disso, o modelo proporciona uma experiência personalizada, outro fator determinante para o fechamento da venda.

Gostou?
Acompanhe nosso blog e nossas newsletter para aproveitar todas as nossas dicas sobre e-commerce e marketplace.

Fonte: E-commerce Brasil

Write Comment...

Name

Email