Como conteúdos interativos compráveis estão mudando a cara das compras online

43/140

Há muito tempo as empresas vêm investindo em estratégias de marketing e publicidade para estarem no centro das atenções. E agora, no mundo digital, isto não é tão fácil como antes.

O bloqueio de anúncios, botões de “pular anúncio” e outras funcionalidades foram criadas para impedir que a experiência do usuário online seja interrompida. Em 2021, as extensões mais baixadas pelos usuários do navegador Firefox eram bloqueadores de anúncios. Além disso, o crescente debate sobre o consentimento de cookies e políticas de privacidade digital pode tornar as coisas ainda mais difíceis para as empresas que pretendem criar anúncios personalizados com base no comportamento do usuário. 

Isso nos leva a uma pergunta comum dos dias atuais: como chamar a atenção dos clientes sem interromper sua jornada digital? Uma solução é o conteúdo comprável.

Saiba o que é e como os grandes players do mercado estão utilizando esta estratégia de marketing para melhorar as taxas de conversão e, em geral, crescer no cenário digital.

O que é conteúdo comprável?

O conteúdo comprável pode ser desde blogs, postagens em mídias sociais, revistas digitais e até eventos de live shopping. Não muito diferente do conteúdo de marca e outros tipos de publicidade em vídeo, o conteúdo comprável tem uma característica própria: ele leva os clientes diretamente do conteúdo para a página de checkout. O principal objetivo é reduzir o número de etapas que os clientes devem seguir para comprar o produto anunciado. 

Com o grande crescimento deste tipo de conteúdo, as agências começaram a oferecer todos os tipos de experiências de conteúdo comprável, tanto para as empresas quanto para os clientes finais.

Utilizando recursos de inteligência artificial, elementos de storytelling, imagens que chamam a atenção e códigos de programação, as marcas podem adicionar os produtos que querem que sejam exibidos e ajudar os clientes a adicionar isso ao seu carrinho de compras. O que também ajuda a dar um novo significado ao e-commerce, indo além de um simples hub de compras, mas um lugar onde os clientes possam ver conteúdos interessantes. 

Um exemplo dessa estratégia é uma revista digital com ações compráveis, onde os clientes podem clicar nos botões, adicionar ao carrinho os produtos que desejam e continuar navegando pela revista.

Olhando para o futuro do conteúdo

O conteúdo comprável já vem transformando o cenário do e-commerce, pois os consumidores estão se acostumando cada vez mais a novas formas de experiência de varejo.

Com o uso de smartphones e novas tecnologias, os consumidores modernos esperam comprar itens direto das imagens como parte de uma experiência de compra sem interrupções. 

As diversas formas de conteúdo comprável

O conteúdo comprável não precisa necessariamente ser uma grande produção com eventos ao vivo e vídeos interativos. Hoje em dia, as plataformas de mídia social oferecem todos os tipos de funcionalidades que permitem que cada marca venda online usando diversas estratégias.

As funcionalidades de compras do Instagram e o Facebook Marketplace são apenas dois exemplos de como as mídias sociais estão impulsionando o crescimento do conteúdo comprável em todos os lugares.

Gostou dessa dica sobre mais uma estratégia para e-commerce?
Acompanhe nosso blog e fique por dentro das novidades!

Fonte: Vtex

Write Comment...

Name

Email